Resenha de Parágrafo #6: O Gerente está maluco

Curta nossa fan page!



Amiguinh@s interromperemos nossa programação das típicas três resenhas de quadrinhos diferentes de um parágrafo para fazer apenas de um e com três parágrafos. Não a coluna não vai se mudar de nome por isso e vamos sacrificar o legado 19 resenhas que fizemos até agora. O lance é o seguinte: Eu chamei o Luan Zuchi a.k.a dono deste blog and meu patrão aqui e o Tiago da Rocha do blog Palitos Nerds para o desafio de resenhar a mesma obra que o senhor que vos escreve, em tudo que sente por um gibi em apenas um pequeno bloco de texto.
Então sentem-se, peguem sua pipoca e leiam três opiniões diferente sobre um quadrinho da Dynamite (existe vida além de Marvel e DC):


Justice, Inc #1
Publicado por Dynamite Comics
Ainda não publicado do Brasil
História por Michael Uslan
Arte por Giovanni Timpano





















Nota: 9 clichês pulps bem utilizados, numa escala de 10
Reconheço aqui uma falha de carácter: nunca tinha lido uma HQ de nenhum destes personagens, Doc Savage , O Sombra e O Vingador. Apesar de parecer um ponto negativo a princípio (“Santa ignorância, Luan!” Você exclama.), também é um ponto positivo se considerarmos que essa é uma HQ #1. De cara já digo que o climão das HQs pulp, com estilo de narrativa e ilustração atual, é uma mescla que muito me agrada e que dá sustentação para uma história bem tramada com viagens no tempo e suas teorias postas “em prática”. Outro ponto que me agrada em HQs é quando o herói “interage” com personalidades reais, e isso também é um dos pilares desta edição #1. A arte de Timpano é ótima e o roteiro de Michael encaixa, no estilo pulp dos personagens, piadelas que me arrancaram sorrisos. “Mas Luan, você gostou de tudo? Então, explica a nota 9.” Mera desconfiança quanto ao potencial do vilão. Por fim te digo: Vá ler! É bom!


Nota: 7 tiros da arma de um vingador sombrio de 10.
Primeira edição de Justiça, Inc da Editora Dynamite lido. Nela temos o começo do encontro entre os heróis pulp O Sombra, Doc Savage e O Vingador. Devo admitir que não esperava nada desta história, mas com este começo me lembrando bastante Planetary e a história mexendo com viagens no tempo e afins me chamou a atenção. Gostei. Desenhos legais, personagens interessantes e viagem no tempo? Vou dar uma chance para a série e continuar procurando histórias diferentes e se possível fora dos supers padrões, recomendo que façam o mesmo as vezes.


Nota: 8 moedas de ouro numa escala de 10

Nostalgia que não vivi é como defino está revista da Dynamite. Me surpreendi lendo um quadrinho bem resolvido, que serve como ótima introdução e também expõe os objetivos propostos para que os três protagonistas trabalhem juntos. Todo a estrutura se desenvolve em cima de viagem no tempo, que acaba conectando tudo na história de forma orgânica e simplória. Mesmo que isso não seja uma grande novidade e até repetitivo, o que vale é o clima de Era de Ouro e os personagens. Doc Savage rouba a cena basicamente a história inteira (sendo 2 até), mas deixa espaço para que O Sombra e O Vingador, que ainda neste número não parece uniformizado, se apresentem um pouquinho. Os diálogos mesmo que redundantes ás vezes ajudam mesmo a situar que tratam de personagens pulp mas com um frescor atual pra situar novos leitores, sem deixar os mais velhos dizendo “ Este não são os personagens que conheço”. Justice, Inc #1 é uma ficção ambiciosa apoiada em conceito bem velhos, e definitivamente nada ruins.



Quem vocês acham que leva esta? Eu? O Luan? Ou o Tiago? Como assim, isso não é uma disputa?(De qualquer forma eu ganhei só para deixar claro). Deixe seu comentário e nos diga se gostou desta brincadeira, que quem sabe a gente faz mais. Abraços e limpem atrás da orelha.


Wendrick Ribeiro é estudante de publicidade, roteirista amador, trouxa barra otário, nerd old school, adorador de Deadpool e respira quando tem tempo.


Postagens mais visitadas